INFORMATIVO

NASCEU O REI DOS REIS!

 

[...]segundo o poder de Deus, que nos salvou e nos chamou com santa vocação; não segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos, 10 e manifestada, agora, pelo nascimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual não só destruiu a morte, como trouxe à luz a vida e a imortalidade, mediante o evangelho” (2ª Timóteo 1:8-10).

 

 

Chegou o natal! Já estamos no clima do natal e as emoções já estão à flor-da-pele. Conforme vimos na última pastoral, devemos celebrar o natal agradecidos porque "Deus nos visitou”, dando-nos Jesus, que nasceu para nos salvar. “Deus visitou o seu povo”, é uma expressão que se repete nas Escrituras e são palavras que têm um sentido especial. Têm relação com proximidade, com presença, com sentir nossas dores, com agir em nosso favor, com mudar a nossa sorte. Significa que Deus visitou o Seu povo para trazer alegria onde havia choro, vida onde havia morte, libertação ou havia escravidão, fartura e abundância, onde havia escassez e fome, salvação, onde havia condenação. Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo 69 e nos suscitou plena e poderosa salvação” (Lucas 1:68-69).

Natal é isso! “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).

À luz do pensamento paulino exposto em 2ª Timóteo 1:8-10, observamos que natal significa a revelação, no tempo presente, das bênçãos outorgadas por Deus na eternidade. Na eternidade, (“antes dos tempos eternos” - “antes da fundação do mundo” – Ef 1:4), Deus em Cristo, “nos escolheu e em amor nos predestinou para Ele”. Paulo diz que Deus nos salvou “não segundo as nossas obras, mas conforme a sua própria determinação (propósito) e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos 10 e manifestada, agora, pelo aparecimento (com o nascimento) de nosso Salvador Cristo Jesus”.

Segundo o apóstolo Paulo, dentre outras, duas grandes bênçãos advindas do nascimento (encarnação) de Jesus Cristo, podem ser destacadas: 1). [...] pelo aparecimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual não só destruiu a morte” - Em Sua primeira vinda, Jesus não só derrotou a morte, como também, a colocou completa e cabalmente fora de combate. Jesus a tornou ineficaz, obsoleta. A morte não tem mais poder sobre a vida do crente. 2). “[...] como trouxe à luz a vida e a imortalidade, mediante o evangelho” (v.10) – A obra de Jesus não somente derrotou totalmente a morte, como, também, trouxe à luz (exibindo em Sua própria e gloriosa ressurreição) vida e imortalidade (incorruptibilidade). estas são as boas novas do evangelho. Natal é isso!

Portanto, celebremos o natal! Natal é tempo de transbordar no Amor que promove a unidade e paz entre os homens! Natal é tempo de reflexão; de paz; de esperança, e; de amar, perdoar e de reconciliar. Natal significa que Deus ama e cuida do Seu povo escolhido. Louvado seja Deus “porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Isaías 9:7).

 

Vivamos o verdadeiro natal!

Rev. Marcos Antonio Serjo da Costa

Pastor Sênior da IP Cuiabá

 


Titulo fixo

IGREJA PRESBITERIANA DE CUIABÁ

TEMPLO DA TREZE
Rua Treze de Junho, 148
Centro Cuiabá  | 78005-250

NOVO TEMPLO
Av. Hist. Rubens de Mendonça, 6015
Morada da Serra I Cuiabá  | 78055-000

CONTATO

Fone:  65 3624.4917 
E-mail: secretaria@ipcuiaba.org.br

REDES SOCIAIS

Siga a Igreja Presbiteriana de Cuiabá nas redes sociais.

Copyright © 2015 - Igreja Presbiteriana de Cuiabá - Todos os direitos reservados. Desenvolvimento e-design / crausdesign

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo